Estréia em Campo Grande o Cineclube Guarani

cineclube guarani.png

Será estreado na próxima quarta-feira, dia 20 de ABRIL, um novo cineclube na capital de Mato Grosso do Sul: o Cineclube Guarani. O nome do projeto é uma homenagem do grupo ao Povo Guarani.
 
Formado por ativistas de movimentos sociais campo-grandenses,  o novo coletivo tem por objetivo descentralizar o acesso à arte e à informação e alcançar os mais diversos públicos do município: comunidades quilombolas, aldeias urbanas, moradores de bairros periféricos, etc.
 
A proposta é levar sessões gratuitas de filmes e debates aos espaços onde o cinema não costuma chegar.
 
Para tanto, o grupo vem planejando ações com o intuito de arrecadar fundos para aquisição de seus próprios equipamentos: projetor, caixa de som e telão. 
 
Aqueles que tiverem interesse em colaborar com a causa, terão a oportunidade de apoiá-la durante a estreia do cineclube, que acontecerá no Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul. 
 
Os cineclubistas levarão na ocasião bilhetes de rifas (que custam 2,50) do prêmio “Coleção de Filmes de Almodóvar”.
 
Será exibido, na sessão de estréia, o filme “O Ódio” (La Haine) do diretor Mathieu Kassovitz.
 
O debate será conduzido por Paulo Augusto Fernandes, acadêmico do Curso Ciências Sociais (UFMS).
 
A sessão será gratuita e aberta à comunidade geral. A classificação indicativa do filme é 16 anos.
 
 

Sinopse do filme:

O judeu Vinz (Vincent Cassel), o árabe Saïd (Saïd Taghmaoui) e o pugilista Hubert (Hubert Koundé) vivem no subúrbio de Paris e encaram diariamente a discriminação e os abusos da polícia. Durante mais um dos corriqueiros confrontos com as forças da lei, Vinz encontra uma arma e jura assassinar um policial caso seu amigo Abdel (Abdel Ahmed Ghili), espancado em interrogatório, morra em decorrência dos ferimentos.

Lançamento: 1 de dezembro de 1995 (1h35min)
Dirigido por: Mathieu Kassovitz
Com: Vincent Cassel, Hubert Koundé, Saïd Taghmaoui mais
Gênero: Drama
Nacionalidade: França

la haine.jpg

Anúncios